quinta-feira, 13 de junho de 2013

Caminho de Mesa Florido - Circulo

Achei esta receita no site da Circulo e tinha que compartilhar com vocês pois é muito lindo.

Material:
1 novelo de Duna na cor 9245;
2 novelos de Duna na cor 9392;
4 novelos de Duna na cor 8176;
Agulha Círculo para crochê 3,5 mm.

Execução:
Flor (9x): com o fio na cor vermelho/bordô, fazer 5 correntinhas, fechar em circulo com 1 p.bxmo. e seguir o gráfico 01.
Folha (42x): com o fio na cor verde, fazer 15 correntinhas e seguir o gráfico 02. Observar que a folha é toda trabalhada em p. baixo, pegando na alça de trás ds correntinhas.
Motivo bege (24x): com o fio na cor bege, fazer 5 correntinhas, fechar em circulo com 1p. bxmo. e seguir o gráfico 03.

Esquema de Montagem: 
Motivo com a flor no centro (3x): prender as folhas com p. bxmo. ao redor da flor como mostra o esquema de montagem 01. Prender os motivos bege ao redor das folhas como mostra o esquema de montagem 02.
Unir os motivos com a flor no centro com p.bxmo. como mostra  o esquema de montagem.
Motivo com flor das extremidades (2x): Unir 3 folhas na flor como mostra o esquema de montagem  03 e prender os mesmos nas extremidades, como mostra a foto.

OBS: Receita publicada na Revista Casa Crochê 04. Fotos Editora Minuano

Para imprimir ou conferir o original acesse o site da Circulo.


sexta-feira, 7 de junho de 2013

Avental de patchwork

Mais um mimo do portal do artesanato. Espero que gostem. 

Foto: Ivan Pontes | Produção: Luciana Martins | Criação e execução: Laura Galfaro Dalek.
Em estilo bem americano, o avental recheado de motivos promete ser o toque especial da sua cozinha

Materiais utilizados:
• 92 x 82 cm (avental) e 53 x 60 cm (bolso) de tecido de algodão creme 
• 92 x 10 cm (barra inferior do avental), 92 x 32 cm (barra superior com curvas do avental), 4 x 43 cm (2 peças para as barras laterais do avental), 53 x 4 cm (2 peças para as barras superior e inferior do bolso), 4 x 29 cm (2 peças para as barras laterais do bolso), 2 x 10 cm (2 peças para as alcinhas laterais) e 6 x 102 cm (2 vezes para as alças) de tecido de algodão xadrez
• 51 x 29 cm de manta para forrar internamente o bolso
• Retalhos de tecido de algodão (para as aplicações)
• 1 m de entretela termocolante 
• Agulhas Darning Corrente e agulha para máquina
• Linha Cadena na cor branca para as costuras
• Linha Torçal Pérola nas cores dos tecidos para fazer o caseado à mão
• Papel para molde
• Lápis         
• Tesoura
• Ferro de passar
• Máquina de costura
Modo de fazer:
Transfira os riscos para a entretela termocolante. Com o auxílio da tesoura, recorte os motivos, deixando uma margem de 0,5 cm. Coloque a entretela recortada anteriormente sobre o tecido, posicione-o e fixe-o com o auxílio do ferro de passar. Recorte os motivos. Retire a película de proteção da entretela e monte o motivo na peça. Fixe os motivos com o auxílio do ferro de passar. Caseie os motivos com ponto de casear à mão.

Avental –
dobre o tecido para a alça ao meio e costure pelo avesso formando um tubo. Vire para o direito, faça o acabamento na ponta que ficará externa. Monte a outra alça da mesma forma. Faça 2 tubinhos com as peças reservadas para as alcinhas laterais. Prenda com alinhavo as alças e as alcinhas laterais na peça reservada para o avental, acompanhando o esquema para posicionar. Costure as bordas no avental com as bainhas viradas para o avesso. 

Bolso –
dobre o tecido creme ao meio, intercale a manta, vire as bainhas para dentro e alinhave. Alinhave as barras com as bainhas viradas para o avesso, em seguida pesponte. Aplique o bolso centralizado no avental.

Dicas importantes!
Sempre que for iniciar um trabalho, coloque agulhas novas na máquina.
Ao alinhavar não use linha escura se o tecido for claro. A linha escura pode manchar o trabalho.
Os tecido geométricos e xadrezes fazem uma ótima combinação com tecidos florais. Mas, devem ser utilizados com cautela.
Prefira tecidos de algodão, mas antes de utilizá-los, lave-os com água para garantir que eles não encolham depois da peça pronta.
O ferro a vapor também não é indicado para o trabalho em patchwork, pois o contato com a água pode causar encolhimento do tecido.
Deixe sempre uma margem de costura de 1,5 cm 
ao cortar os tecidos. Isso garante que ele passe com 
folga pelo pé de máquina. Se for o caso, depois de 
pronto o trabalho corte as rebarbas para obter um acabamento melhor.
Mantas finas sempre deixam o trabalho mais delicado. Quando quiltadas, o efeito também é mais suave.
Sempre que um sanduíche de tecidos for feito, alinhave do centro para fora para garantir que eles não mexam. Outro cuidado importante é não puxar demais a linha, pois pode enrrugar a peça e comprometer o trabalho.
Ao trabalhar pontos de pesponto ou mesmo quiltar a peça à mão, experimente usar o bastidor. Ele facilita o manuseio da agulha.

Para imprimir ou conferir o original viste a página do Portal do Artesanato.

Almofadas de patchwork com fotos do Portal do Artesanato

Mais um mimo também tirado do Portal do Artesanato.

Texto: Jéssica Fernanda | Fotos: Mônica Antunes e Alexandre Andrade (Passo a Passo) | Produção: Cristiane Alberto | Criação: Edilma Dias (caixa de fotos), Criação:Elaine Massa (almofadas) e Susie Massafelli (móbile) | Priscilla Moreira (painel de fotos)
Já pensou como seria ótimo se pudéssemos eternizar aqueles momentos agradáveis que passamos junto de quem amamos? Foi pensando em poder reviver esses momentos que a artesã Elaine Massa criou essas almofadas com a técnica do Patchwork.

Materiais utilizados :
• Tecido A: branco com bolinhas pretas (5 x 18 cm e 5 x 23 cm)
• Tecido B: preto com ramos em branco (5 x 22 cm e 5 x 27 cm)
• Tecido C: branco com arabescos em preto (5 x 26 cm e 5 x 31 cm)
• Tecido D: preto com bolinhas brancas (5 x 30 cm e 5 x 34 cm)
• Tecido E: branco com flores cinza (5 x 33 cm e 5 x 39 cm)
• Tecido F: preto com bolinhas brancas pequenas (5 x 38 cm e 5 x 42 cm)
• Tecido para as bordas: preto liso (6,5 x 55 cm)
• Tecido para as costas da almofada: cinza com flores em preto (45 x 55 cm e 30 x 55 cm)
• Tecido branco 100% algodão (25 x 25 cm e 55 x 55 cm)
• Manta acrílica (55 x 55 cm)
• Foto digital (18 x 20 cm)
• Papel de transfer
• Impressora
• Ferro de passar
• Máquina de costura
• Alfinetes e linha branca
• Régua de patchwork
• Placa de corte
• Cortador circular


Em uma empresa comum, imprima a foto no papel de transfer. Com o ferro de passar quente, transfira a foto para o tecido branco de 25 x 25 cm. 

Com o auxílio da placa de corte, da régua e do cortador circular, corte 2 tiras de cada medida indicada nos tecidos A, B, C, D, E e F, 4 tiras no tecido para as bordas, além de um recorte de cada medida nos demais tecidos.

Com o auxílio dos alfinetes, monte as tiras conforme a ilustração acima e passe uma costura reta à máquina para arrematar as partes ao redor da foto, mesclando as cores.

Forme um sanduíche com a montagem de foto, a manta acrílica e o tecido branco de 55 x 55 cm (forro). Passe uma costura reta à máquina para unir as partes.

À máquina, faça o quilt com pontos em “X” por todas as costuras da montagem, menos na última linha da borda.
Na máquina, costure uma barra de 2 cm em uma das laterais de 55 cm dos tecidos de 45 x 55 cm e 30 x 55 cm.











Sobreponha os dois recortes do passo anterior, formando um envelope sobre a frente da almofada, direito com direito. Passe uma costura reta à máquina por toda a volta, deixando uma borda de 2 cm. Deixe uma pequena abertura sem costura. Vire o tecido para o direito e, com linha e agulha, feche a abertura. Para finalizar, faça um quilt em “X” em toda a volta da almofada, naquela última linha da borda.




Para imprimir ou conferir o original  visite o site do Portal do Artesanato.